Crítica: Policial Violento/Violent Cop (その男、凶暴につき) [1989]

Primeiro filme dirigido pelo mestre da violência estética TAKESHI KITANO que também viria a ser o responsável por revitalizar o gênero Yakuza nos anos 90, é também a primeira crítica que trago ao Oriente Extremo desse grande nome do cinema Japonês.
Kitano já era conhecido no Japão pelo nome artístico de Beat Takeshi onde ele fazia parte de um programa humorístico da televisão japonesa. Em 1989 o diretor Kinji Fukasaku (grande mestre dos filmes da Yakuza, tendo dirigido filmes como Batalhas sem Honra e Humanidade e Alugados pelo Inferno) foi escalado para dirigir mas declinou ao saber que o ator principal (Kitano) tinha apenas dez dias disponíveis para gravar por conta de sua agenda lotada com um programa de TV. Kitano então pegou o cargo de diretor e reescreveu o roteiro, retirando todas as partes de humor, e o transformando em um drama sombrio. Kitano reescreveu o roteiro para não ter sua imagem associada apenas ao mercado humorístico e tal mudança foi o principal acerto da obra.

Policial_Violento2
O filme que viria a se chamar ‘Violent Cop‘ (Policial Violento no Brasil) teve um sucesso moderado em sua época de lançamento no Japão e também teve um modesto sucesso em sua carreira internacional.  A sinopse: “Kitano interpreta Azuma, um detetive casca grossa no estilo Dirty Harry que usa métodos violentos para combater criminosos. Depois do suicídio de seu amigo Iwaki (um policial envolvido com drogas), e do sequestro de sua irmã por membros da Yakuza, Azuma quebra todas as regras de conduta abusando da violência para obter resultados!”
A obra é composta por um tom sombrio, realista e muito depressivo. Toda a violência não vem de forma coreografada, ela esta presente de forma tão natural que parece ‘real’, as sequências finais por exemplo, são bem gráficas e bem impactantes.
É interessante dizer novamente que esse é o primeiro filme de Kitano, e é difícil de acreditar que tudo foi filmado por um até então ‘diretor amador’. O filme contém alguns cortes abruptos e ângulos de câmera fora do padrão. Inexperiência talvez? Não sei, mas tudo ajuda e muito a criar a atmosfera do filme. Muitos aspectos do filme o tornam uma obra única! Como por exemplo uma perseguição ao som de JAZZ, as cenas gráficas de violência e um final que vai ficar com você por muito tempo!

Policial_Violento

Outras peculiaridades da obra são suas tomadas longas. Close-ups não duram mais de 10 segundos em quanto uma cena de caminhada em direção ao frame dura 57 segundos, além de é claro, um personagem silencioso, característica que estaria em outros grandes trabalho de Kitano como ‘Hana-Bi: Fogos de Artifício‘ e ‘SONATINE‘.
O filme não conta com diálogos explicativos ou monólogos porém em nenhum momento as motivações de cada personagem traz dúvida ao telespectador. As sequências violentas são longas, sempre que vemos Azuma espancando uma vítima, seja ela um criminoso ou uma criança, não temos muitos cortes e as cenas não são editadas para esconder a brutalidade, é tudo bem cru!
Brutal talvez seja a palavra perfeita para descrever o desfecho do filme! Tudo que foi construído lentamente durante o longa, chega à um clímax sangrento e trágico. O sentimento de vazio depois que os créditos sobem talvez seja o que mais vai lhe chocar. Em dias que poucas coisas conseguem nos impactar o final de Policial Violento com certeza ficará com você por um longo tempo, trazendo vazio, nó no estômago e uma reflexão profunda e irreversível que geralmente não se está presente em um filme desse porte. Aqui se inicia a carreira de um gênio!

Obs.: Filme não lançado em DVD no país… Infelizmente.

Violência: 04/05

https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676

Nota Final: 05/05
https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s