Crítica: Headshot (2016)

Headshot é uma produção da Indonésia, o filme foi dirigido pelos irmãos Kimo Stamboel e Timo Tjahjanto, popularmente conhecidos como ‘The Mo Brothers‘. Lançado em setembro de 2016 no Festival Internacional de Cinema de Toronto.
O filme é estrelado por Iko Uwais (The Raid 1 e 2), Julie Estelle e Very Tri Yulisman ( respectivamente, a garota do martelo e o cara do taco de baseball de The Raid 2), Sunny Pang e Chelsea Islan. O filme ficou conhecido antes do lançamento como o ‘Jason Bourne com luta de verdade’. De Bourne, Headshot bebe pouco, além do fato do protagonista sofrer de amnésia, pouco se pode comparar entre os dois filmes.
Fãs de The Raid (Operação Invasão) alegrem-se pois o filme é um grande aquecimento pra The Raid 3 (ainda que esse esteja longe de acontecer), o filme é visceral, violento ao extremo e IKO está no filme, porém nem tudo são mar de sangue rosas nesse filme…
Headshot peca no enredo, sendo previsível e um pouco repetitivo mas HELL, é um filme de ação, então vamos focar na ação! Depois da incrível luta da cozinha que fecha The Raid 2 com chave de ouro, o gosto de ‘quero mais’ esta presente na boca de muitos fãs. E esse filme vem para suprir esse desejo por mais carnificina… porém, se você espera um combate ao nível The Raid, vai se decepcionar muito! Veja o filme apenas com um aperitivo do que está por vir no futuro, e que esse filme esta aí apenas para suprir nosso desejo por sangue. As lutas não são tão tensas como em The Raid, o que já era esperado, afinal não temos a presença de Gareth Evans e Yayan Ruhian (aqui é creditado apenas como Uwais Team). Mas quando digo que as lutas ‘não são tão tensas’ eu não quero dizer que são ruins, apenas que não estão naquele nível de perfeição, mas ainda dão um show em muito filme de ação dos dias atuais!

Headshot (2016) Iko Uwais.jpg

Os vilões são bem canastrões, então espere rodeios em situações simples, mas isso contribui para termos combates mais disputados no mano a mano o que acaba por ser um  bom entretenimento. Como um grande fã de Iko eu vibrava a cada nova sequência de luta, e a cada gota de sangue derramado eu me perguntava qual é a mágica que a Ásia tem para fazer essa violência extrema ser tão prazerosa!? Se você quer sangue, não vai se decepcionar em Headshot!
O trabalho de câmeras é um acerto, embora eles reciclem alguns truques de The Raid, como a do ônibus por exemplo, não deixa de ser um fantástico trabalho entre coordenação e coreografia. Dessa vez Iko luta contra Julie Estelle e Very Tri Yulisman separados e não juntos igual The Raid 2. O mais legal aqui, são as interações, aqui eles trocam palavras durante as lutas, o tom é diferente, em The Raid 2 tínhamos um clima mais desesperado, era o que a situação requeria, aqui, eles se conhecem, então fica difícil não ter certa emoção durante a luta.
A trilha sonora passa um clima de thriller, o que funciona muito bem, principalmente na luta final! Onde o tom emocional é ainda mais forte. Se você é fã de The Raid, fortemente recomendo esse filme! Só não espere algo no mesmo patamar! Quanto aos diretores The Mo Brothers que fizeram sua estreia no gênero ação com esse filme: Nada mal!

Headshot (2016) Iko Uwais vs Sunny Pang

Violência: 05/05

https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676

Nota Final: 03/05
https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676https://orienteextremoart.files.wordpress.com/2016/12/38f44-bloody_butcher.gif?w=676

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s